Não houve milagre para o PSG em frente Cidade de Manchester. Condenado à façanha depois da derrota em casa por 2-1 na primeira mão, no Parc des Princes, o clube da capital não conseguiu inverter a tendência frente ao Citizens, tendo mesmo admitido uma nova derrota para os homens do Pep, Guardiola (2-0). Consequência das deficiências apresentadas pelos parisienses.

Leia também: Neymar, uma reviravolta por vir?

No set de beIN Sports, Arsène Wenger também apontou algumas fragilidades recorrentes do PSG, especialmente na defesa. “Pode-se dizer que esta noite o PSG jogou bem e mostrou qualidades reais em vários aspectos do seu jogo, mas foi apanhado duas vezes no contra-ataque. O importante agora é analisar bem. A defesa não é boa o suficiente para ganhar a Liga dos Campeões, ele explicou. Há muito potencial, mas correções a serem feitas. Partidas de alto nível requerem concentração, calma e controle. Não podemos ignorar que eles terminaram os dois jogos às dez. Aconteceu novamente. Eles precisam progredir na disciplina quando as coisas ficam difíceis. É uma parte importante em partidas de alto nível. ”