Subscribe for notification
Categorias: Internacional

Um novo formato de qualificação testado em três GPs

A qualificação para três Grandes Prêmios, incluindo dois na Europa, acontecerá nesta temporada na forma de uma corrida de velocidade de 100 quilômetros. A F1 adotou o formato por unanimidade na segunda-feira.

Estava na tubulação, agora está confirmado: nesta temporada, a F1 vai testar um novo formato de qualificação. Saber um formato de corrida de velocidade de 100 quilômetros (com DRS autorizado e sem paralisação imposta) que substituirá duas das quatro sessões tradicionais do fim de semana (duas sessões de treinos livres na sexta-feira, uma no sábado anterior e a sessão de qualificação no formato atual de sábado à tarde). Nesse novo formato, serão mantidas apenas duas sessões de treinos livres (uma na sexta-feira e uma segunda no sábado).

A Liberty, dona da categoria, fez questão de melhorar as sessões classificatórias. Ele obviamente não é o único, já que, na segunda-feira, é unanimidade que a F1 adotou este novo formato que, por enquanto, abrangerá apenas três Grandes Prêmios, antes de ser possivelmente estendido para mais compromissos no futuro, e talvez até mesmo relegar o antigo padrão ao esquecimento em todas as datas da temporada. Enquanto espera por uma possível padronização completa, o novo formato em questão será testado em três rodadas, duas das quais na Europa, que podem ser Silverstone e Monza, e outra fora da Europa.

Qualificação no sábado, mas não só …

No sábado, nos três Grandes Prémios que terão o valor de testes, é portanto através de uma qualificação de sprint que será construída a grelha de partida para a corrida de domingo. Outra particularidade desta inovação que deve, sem dúvida, marcar esta temporada de F1: as eliminatórias de sprint no sábado marcarão pontos na classificação do Campeonato Mundial (3, 2 e 1 para os três primeiros da sessão), e é também uma sessão de qualificação na sexta-feira que determinará a grelha de partida para a qualificação no sábado.

« Na sexta-feira haverá uma sessão de qualificação após a primeira sessão de treinos livres que determinará a grelha de partida para a qualificação de sprint no sábado. Os resultados da qualificação de sprint no sábado determinarão o grid de largada para a corrida de domingo.

», Especifica F1, cujo CEO Stefano Domenicali está encantado com o entusiasmo que sua proposta provocou. ” Estou muito feliz que todas as equipes tenham apoiado este plano (…) É uma prova de nossos esforços unidos para continuar a envolver nossos fãs de novas maneiras, garantindo que permaneçamos comprometidos com o legado e a meritocracia de nosso esporte. Embora esse formato de qualificação esteja aparecendo apenas em caráter experimental no início, provavelmente ainda não acabou.

Compartilhar
Por
Redação

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.