publicidade
Subscribe for notification

A suíça conquistou três gols no evento feminino de mountain bike, com Jolanda Neff vencendo na frente de Sina Frei e Linda Indergand. Anunciadas como favoritas, as francesas Loana Lecomte e Pauline Ferrand Prévot terminaram em sexto e décimo.

Poderíamos sonhar com um duplo francês, finalmente um triplo suíço! Grande decepção nesta terça-feira para a delegação francesa durante o evento feminino de mountain bike, onde Loana Lecomte e Pauline Ferrand Prévot poderiam legitimamente aspirar ao título olímpico, ou pelo menos a uma medalha, em vista de seus resultados recentes. Mas foi a Suíça que triunfou, com uma história triplicada, num percurso enlameado pelos aguaceiros da manhã.

Jolanda Neff levou o ouro depois de uma corrida perfeita, à frente de Sina Frei e Linda Indergand, e os Blues tiveram que se contentar com a sexta e décima. Tudo começou bem para Pauline Ferrand Prévot (29), tricampeã mundial de 2015, 2019 e 2020, que saiu na frente com Neff na primeira das cinco rodadas do programa. Mas sua raça mudou quando ela sofreu uma pequena queda em uma escalada. Sua bicicleta desceu e ela perdeu tempo tentando recuperá-la, com os sapatos escorregando na rocha.

Uma corrida quadriculada para o Azul

No final da primeira volta, Loana Lecomte era terceira a 23 segundos de Neff, sozinha na liderança, e “PFP” a sexta a 31 segundos. As duas mulheres francesas experimentaram subidas e descidas nas últimas quatro voltas. Ferrand Prévot primeiro conseguiu voltar ao grupo que perseguia o líder, mas uma troca de volante na terceira volta e o que parece ser uma folga física o fez cair aos poucos na classificação, terminando em décimo na final , 4’32 atrás de Neff. O título olímpico, o único que falta em seu imenso recorde, não será este ano.

Quanto a Lecomte, que completa 22 anos no dia da cerimônia de encerramento e venceu quatro rodadas da Copa do Mundo nesta temporada, ela lutou na segunda fase, chegando a ser oitava em certo ponto (um salto em cadeia fez com que ela perdesse tempo), mas aos poucos subiu, mas não conseguiu entrar na corrida pelo pódio. O nativo de Annecy terminou em sexto com 2’57 atrás de Jolanda Neff, a campeã mundial de 2017 que, aos 28, ganhou o Graal. Para os franceses, será necessário esperar pelo menos mais três anos …

publicidade
Compartilhar
Por
Redação
publicidade

Publicações recentes

Luverdense x Cuiabá: onde assistir, horário, escalação | Campeonato Mato-Grossense

Como assistir Futebol Luverdense x Cuiabá — © Equipe Futebolizei PUBLICIDADE Onde assistir o jogo…

4 horas atrás

São Bernardo x Palmeiras: onde assistir, horário e provável escalação

Como assistir Futebol São Bernardo x Palmeiras — © Equipe Futebolizei PUBLICIDADE Onde assistir o…

7 horas atrás

Grenoble cai, Angers vence

Vencedor de seus últimos seis jogos, o líder da Ligue Magnus Grenoble perdeu nos pênaltis…

7 horas atrás

Como assistir Equador x Brasil ao vivo: escalação, horário e arbitragem

Como assistir Futebol Equador x Brasil — © Equipe Futebolizei PUBLICIDADE Onde assistir o jogo…

13 horas atrás

Mônaco chegou tão perto…

O Mónaco perdeu por 84-90 após dois períodos extra frente ao Real Madrid, líder da…

13 horas atrás
publicidade

Transmissão de Guarani e São Paulo ao vivo, Campeonato Paulista

PUBLICIDADE Onde assistir o jogo Guarani e São Paulo ao vivo, às 21h30 (de Brasília),…

16 horas atrás

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.