Subscribe for notification
Categorias: Internacional

Rússia e Bielorrússia substituídos

Inicialmente suspensa após a invasão da Ucrânia pela Rússia, as equipes russa e bielorrussa serão substituídas nesta temporada de 2022 da Copa Davis e da Copa Billie Jean King.

Como esperado, agora é oficial. A Rússia e a Bielorrússia não participarão nesta temporada de 2022 da Copa Davis e da Copa Billie Jean King. Ambas as federações foram inicialmente suspensas pela Federação Internacional de Tênis após a invasão da Ucrânia pela Rússia no final de fevereiro, mas agora foram impedidas de participar das duas competições de equipes mais importantes do tênis. Qualificada automaticamente como detentora do título para a fase final da Copa Davis, que será disputada em setembro (fase de grupos em quatro cidades) e depois em novembro (quartas, semifinais e final em uma quinta cidade), a Rússia será substituída “oportunamente ” por um perdedor das qualificações que ocorreram no início de março. Será, portanto, Equador (derrotado pela França), Romênia, Finlândia, Colômbia, Canadá, Brasil, Eslováquia, Hungria, Noruega, Japão, República Tcheca ou Áustria. A Sérvia, o país mais bem classificado (no ranking de nações) dos derrotados nas semifinais em 2021, recupera o status de Rússia cabeça de chave. Ela já se classificou para as finais após receber um convite da ITF. Quanto à Bielorrússia, que não tinha tido o direito de defrontar o México no “play-off” para apurar-se para o Grupo I no início de Março, vê assim o seu adversário apurar-se no tapete verde.

“Para garantir que o número correto de equipes competirá no Grupo Mundial I e ​​no Grupo Mundial II em setembro, a nação perdedora mais bem classificada nos play-offs do Grupo Mundial I (Uzbequistão) competirá no Grupo Mundial I e ​​os dois primeiros classificados As nações perdedoras do play-off do Grupo Mundial II (China e Tailândia) evoluirão para o Grupo Mundial II”, detalham os organizadores da Copa Davis.

Austrália, Eslováquia e Bélgica já se classificaram para as finais

Relativamente à Taça Billie Jean King, a Rússia foi também a atual campeã e, portanto, apurou-se diretamente para a fase final, da qual ainda não sabemos as datas nem o local. Ele é substituído como cabeça de chave pela Austrália, o país mais bem classificado dos países eliminados nas semifinais do ano passado, que, portanto, se classifica diretamente para a fase final. A Eslováquia, que deveria enfrentar a Austrália nas eliminatórias em abril, está isenta e, portanto, também já está classificada para a fase final. O mesmo vale para a Bélgica, que enfrentaria a Bielorrússia na qualificação.

Vale lembrar que a França enfrentará a Itália na Sardenha.

Compartilhar
Por
Redação

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.