Subscribe for notification
Categorias: Internacional

Ribéry, Messi e Germain têm uma coisa em comum

Eles são oficialmente gratuitos! Desde a meia-noite, vários contratos de futebolistas expiraram. Aviso aos amantes de uma boa picareta!

É oficial, Lionel Messi não está mais contratualmente vinculado ao FC Barcelona. Desde a meia-noite e a passagem para 1é Julho, La Pulga, após 16 anos em blaugrana, está oficialmente livre como o ar. Um parêntese indeciso compartilhado por muitos jogadores de futebol, incluindo estrelas como Sergio Ramos

, Jerome Boateng, David Luiz ou Gianluigi Donnarumma.

Outras boas escolhas em potencial para o mercado internacional: o goleiro Tomas Vaclik, os zagueiros Elseid Hysaj, Nikola Maksimovic, Ryan Bertrand, Patrick Van Aanholt e Shkodran Mustafi os versáteis Jack Wilshere e Juan Mata ou os atacantes Joshua King, Robin Quaison e Angel Rodriguez, para citar um número minúsculo. Bem conhecidos em L1, André Ayew, Nicolas Nkoulou e Stefan Jovetic também serão revividos.

Ribéry não desliga

Já os franceses, alguns veteranos estão disponíveis para um novo desafio. É o caso de Franck Ribéry, Hatem Ben Arfa, Kevin Gameiro, Mamadou Sakho, Eliaquim Mangala ou Benjamin Stambouli. Ainda na Ligue 1 nesta temporada, Clément Grenier, Valère Germain, Mathieu Debuchy, Nicolas De Préville, Romain Hamouma, Daniel Congré, Nolan Roux, Fabien Lemoine e Yoan Cardinale também estão prontos para um novo desafio.

Leia também:Messi, os torcedores do Barça podem respirarMessi, o banho frioMessi, “ele é um Deus”

Compartilhar
Por
Redação

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.