Subscribe for notification
Categorias: Internacional

Inquérito contra Real, Barça e Juve

A UEFA nomeou dirigentes para investigar o Real, a Juve e o Barça em ligação com a Super League.

O caso da Super League continua. A União Europeia de Futebol começa a implementar a sua ameaça contra o Real Madrid, FC Barcelona e Juventus, resistente à ideia de abandonar o projeto de uma nova competição, como fazemos com os outros nove clubes envolvidos em 48 horas após o anúncio do Super Europeu Liga em 18 de abril à noite.

Esta quarta-feira, a UEFA anuncia num comunicado de imprensa que mandatou inspectores, nos termos do artigo 31º – 4º do regulamento disciplinar da instituição, para efectuar investigações contra os três “lutadores da resistência” ou “amotinados”, com o objectivo de determinar potencial violações do quadro legal.

Entre as prováveis ​​sanções, como foi sugerido na semana passada, Real, Barça e Juventus enfrentam uma proibição de participação em copas europeias pelas próximas duas temporadas.

Na terça-feira, durante um almoço com a imprensa, Javier Tebas disse que a UEFA não podia ficar passiva perante os três grandes do futebol mundial. O presidente da La Liga deve estar feliz com os passos dados pelo seu homólogo Aleksander Ceferin.

Leia também: Juve, Real e Barça terão que pagar

Compartilhar
Por
Redação

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.