Subscribe for notification
Categorias: Internacional

Grosjean mixou após seu primeiro pódio na IndyCar

Partindo da pole position, Romain Grosjean teve que se contentar com o 2º lugar neste GP de Indianápolis. Depois de seu primeiro piloto da IndyCar, o francês parecia dividido entre a alegria e a decepção no final da corrida.

Apesar de tudo, Romain Grosjean vai se lembrar deste Grande Prêmio de Indianápolis. Depois de conquistar a pole position na sexta-feira, o francês terminou no pódio no sábado, atrás do holandês Rinus VeeKay. ” Devemos estar um pouco … Não diria desapontados, mas terminamos em segundo lugar quando tínhamos a vitória ao nosso alcance.

Não tivemos sorte com o tráfego. Rinus VeeKay fez uma estratégia fora do comum, ele jogou bem sua tacada. Mas é uma ótima história e uma ótima maneira de começar o mês de maio. (…) VeeKay foi super rápido desde a primeira sessão de treinos e em condições mais frias. Tudo começou com os pneus pretos e quando alcancei os carros mais lentos, ele parou um pouco mais cedo e pegou um pouco de ar limpo depois. De nossa parte, fomos mais lentos com os pneus pretos e na última passagem perdi tempo atrás de Sébastien Bourdais », Confidenciou em particular o piloto da equipe Dale Coyne Racing.

Grosjean busca “ir mais rápido na IndyCar”

« É um carro que adoro conduzir, que parece o da GP2 com que conduzi em 2011 e com o qual competia. Também tenho um bom grupo de pessoas ao meu redor, começando pelos engenheiros. Ed Jones, meu companheiro de equipe, me ajuda muito. Honda e Firestone também me permitiram subir de nível me dizendo o que fazer e o que não fazer. Como novato, tive mais alguns dias de testes, o que é sempre bom, Grosjean explicou mais tarde em uma entrevista ao L’Equipe. E aí em dez anos de Fórmula 1, tive que me adaptar a carros muito diferentes, uns muito competitivos e outros horríveis, não daria um nome, e você aprende a se adaptar. Mas acho que ainda preciso entender algumas coisas para ir mais rápido na IndyCar.

(…) Acho que não tenho que provar o que posso fazer para ninguém. (…) Tem também o apoio dos fãs que hoje eu pude receber nas redes sociais ou do público. É incrível experimentar. “
Compartilhar
Por
Redação

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.