Subscribe for notification
Categorias: Internacional

Alaphilippe sem limites

Concentrado na primeira semana, Julian Alaphilippe, no entanto, vê mais longe no Tour de France.

Julian Alaphilippe está pronto para novas emoções. O corredor do Deceuninck-Quick Step teve a vida mais linda de todos os tempos, há duas semanas, com o nascimento de seu primeiro filho. Mas o campeão mundial tricolor espera viver momentos muito fortes nas próximas três semanas nas estradas do Tour de France. E qualquer que seja sua performance durante este Big Loop.

Leia também: Uma camisa soberba em homenagem a Poulidor

“Pode surpreendê-lo, mas sei de antemão que é um Tour que não esquecerei tão cedo, porque 21 etapas no arco-íris e, espero, no amarelo isso vai ser ótimo, ele explicou em uma entrevista com O time. Não vamos ao Tour com uma equipe para disputar a classificação geral. Minha primeira semana será muito importante com etapas que correspondem bem às minhas características. Então verei o que posso fazer nas montanhas. “

Isso seria bom

Pois Julian Alaphilippe não quer brilhar que durante esta primeira semana lhe agradou, com várias chegadas para perfurador. “Qual é a melhor coisa que pode acontecer comigo?” Sinceramente, não sei. Com tudo que passei nas últimas três edições, não sei o que pode me acontecer melhor. Eu poderia responder: ganhe o Tour,

ele disse. Claro que isso seria ótimo, eu nunca diria o contrário. Eu sonharia em ganhar. Mas, diante das emoções que experimentei nos últimos anos, não sei o que poderia ser melhor. ”

Entrar na luta pela classificação geral, e isto apesar de uma equipa para a qual não está talhada, não será em caso algum desagradá-lo. E isso em seu estilo ofensivo. “Trabalhei muito para impor na corrida o que posso fazer, para dar o máximo de mim, para não seguir. E se dar o máximo me leva a tentar vencer o Tour, repito: isso seria ótimo ”

, ele avisou novamente.
Compartilhar
Por
Redação

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.