Subscribe for notification
Categorias: Futebol

Presidente do Flamengo ainda não garantiu a contratação de Rafinha; orçamento é empecilho

A novela envolvendo o retorno do lateral Rafinha ao Flamengo segue sem um capítulo final.

“Encaminhamos uma proposta do Flamengo. Passamos para ele todos os itens, colocamos alguns pontos em relação ao que o Flamengo e todos os times estão passando. Esperamos um final feliz. Não depende só do Flamengo”.

PUBLICIDADE

Essas foram as palavras do vice de futebol Marcos Braz na apresentação oficial do zagueiro Bruno Viana ao ser questionado sobre a expectativa de Rafinha retornar ao Flamengo. Um mês se passou e o negócio segue sem um desfecho.

O lateral diz que já aceitou a proposta rubro-negra e que não depende mais dele para assinar o contrato.

“Já aceitei. Agora não é mais comigo”.

Diante deste cenário, o questionamento ‘o que falta para que haja acordo entre Flamengo e Rafinha?’ toma conta dos bastidores e das conversas entre os torcedores do Flamengo nas redes sociais. Porém, a resposta é simples: Orçamento.

Leia também

O Departamento de Futebol ainda não recebeu a autorização do Departamento Financeiro (e do presidente Rodolfo Landim) para concretizar a negociação.

retorno de Rafinha divide opiniões na cúpula rubro-negra. Uma grande parte da diretoria é contra a chegada do experiente lateral-direito, pois afirmam que o valor investido na contratação do chileno Isla foi muito alto. Porém, outra parte é favorável ao retorno do lateral, alegando que o Flamengo sofrerá bastante com as constantes convocações de Isla para a seleção Chinela nas Eliminatórias 2021.

Embora haja essa “divisão” entre os integrantes da diretoria no que se diz respeito ao retorno de Rafinha, quem tem a palavra final é o presidente Rodolfo Landim, que é extremamente cauteloso com o orçamento do clube.

O contexto é bem parecido com a situação que envolveu a renovação de contrato de Diego Alves. O goleiro chegou a falar em tom de despedida do Flamengo por conta do entrave financeiro, mas, nos últimos dias de contrato, Marcos Braz conseguiu reverter a situação e foi peça fundamental na permanência do camisa 1 por mais uma temporada.

PUBLICIDADE

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.