Subscribe for notification
Categorias: Futebol

NBA AO VIVO [HD]: Veja onde assistir na TV e Online

Guia da temporada 2020-2021 da NBA: saiba tudo sobre a disputa.

Após um curto intervalo, a maior liga de basquete do mundo vai recomeçar! Na bolha da Disney, em Orlando, na Flórida, a NBA mostrou todo seu potencial de organização e montou o mais bem-sucedido aparato de proteção contra a pandemia de coronavírus no meio esportivo. A partir desta terça dia 22 de dezembro, quando a bola subir oficialmente para a temporada 2020-2021, a liga vai enfrentar novos desafios e lidará também com novos protocolos fora de um contexto de isolamento sanitário.

Mas e dentro de quadra? Quem irá brigar pelo título? Que times vão dar sangue e suor pelas últimas vagas aos playoffs? E quem só vai fazer papel de figurante, de olho na loteria do draft? A temporada 2020-2021 promete muitas emoções, tem o Los Angeles Lakers como grande favorito, e está cercada de expectativas, como o próximo passo do fenômeno esloveno Luka Doncic e o impacto de Kevin Durant no Brooklyn Nets depois de se recuperar de uma grave lesão.

Quarta feira, 10 de Março de 2021

22h30 – San Antonio Spurs x Dallas Mavericks – ESPN

Quinta feira, 11 de Março de 2021

21h30 – Boston Celtics x Brooklyn Nets – SporTV 2
00h00 – Golden State Warriors x Los Angeles Clippers – Band e SporTV 2


Datas Importantes na AGENDA NBA 20-2021

11 de dezembro – Início da pré-temporada
22 de dezembro – Início da temporada regular
4 de março – Fim da primeira parte da fase regular
5 a 10 de março – All-Star Break (sem Jogo das Estrelas, em função da pandemia)
11 de março – Início da segunda parte da fase regular
16 de maio – Fim da segunda parte da fase regular
18 a 21 de maio – Disputa de jogos da repescagem para os playoffs
22 de maio a 22 de julho – Playoffs da NBA

OS PRINCIPAIS CANDIDATOS AO TÍTULO:

Nº 1 – LOS ANGELES LAKERS
O atual campeão está ainda mais forte e promete ser uma dor de cabeça para quem sonha conquistar o título da temporada 2020-2021. Mesmo com pouco margem de manobra, a diretoria dos Lakers fez um grande trabalho ao lançar mão do ala-pivô Montrelz Harrell, melhor sexto-homem da temporada passada, e do armador Dennis Schröder, segundo melhor sexto-homem. A equipe ainda conseguiu no mercado Marc Gasol, Wesley Matthews e manteve Kentavious Caldwell-Pope. Anthony Davis deve evoluir ainda mais ao lado de LeBron, sendo difícil imaginar esse timaço fora de uma final em julho.

Time base: LeBron James, Dennis Schroder, Kentavious Caldwell-Pope, Anthony Davis e Marc Gasol
O cara da franquia: LeBron James

Nº 2 – MILWAUKEE BUCKS
O Milwaukee Bucks, que nas últimas duas temporadas teve a melhor campanha da fase regular, chega mais uma vez entre os favoritos ao título. A grande mudança em relação à temporada passada é a chegada do armador Jrue Holiday, espetacular tanto no ataque quanto na defesa, um upgrade em relação a Eric Bledsoe. O time pode sentir as ausências de George Hill e Wesley Matthews, mas impõe respeito com um quinteto inicial formado por Holiday, Donte DiVincenzo, Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo and Brook Lopez. Giannis chega para brigar por seu 3º título de MVP.

Time base: Jrue Holiday, Donte DiVincenzo, Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo e Brook Lopez
O cara da franquia: Giannis Antetokounmpo

Nº 3 – LOS ANGELES CLIPPERS
Apesar da eliminação traumática no último playoff, o Los Angeles Clippers é mais uma vez cadidato ao título. A equipe manteve estrelas como Kawhi Leonard e Paul George, e tentará fazer a primeira final de sua história sob o comando de Tyronn Lue, campeão com o Cleveland Cavaliers de LeBron James em 2016. A saída de Montrelz Harrell será suprida por Serge Ibaka, mais versátil. O ala-armador Luke Kennard, que veio dos Pistons, acrescenta qualidade no perímetro. Patrick Beverley e Marcus Morris Sr. fecham a lista de jogadores-chave do elenco.

Time base: Patrick Beverley, Paul George, Kawhi Leonard, Marcus Morris e Ivica Zubac
O cara da franquia: Kawhi Leonard

Nº 4 – MIAMI HEAT
Maior surpresa da última temporada depois de chegar à final sendo o quinto colocado do Leste, o Miami Heat vem para mais uma campanha promissora. A equipe da Flórida tem Jimmy Butler no auge da carreira, renovou com o maestro Goran Dragic, segurou Kelly Olynyk, adicionou Avery Bradley e deve contar com saltos evolutivos do quarteto formado por Tyler Herro, Bam Adebayo, Duncan Robinson e Kendrick Nunn. É verdade que o time perdeu o ala Jae Crowder no mercado, mas a chegada do ala-pivô Precious Achiuwa, 20ª escolha do Draft, pode reduzir esse impacto.

Time base: Goran Dragic, Duncan Robinson, Jimmy Butler, Meyers Leonard e Bam Adebayo
O cara da franquia: Jimmy Butler

Nº 5 – BROOKLYN NETS
Depois de muitas temporadas como figurante na NBA, o Brooklyn Nets finalmente chega como um favorito ao título. O time terá a estreia de Steve Nash como treinador e será liderado em quadra pelos fora de série Kevin Durant e Kyrie Irving. Durant, recuperado de uma ruptura do tendão de Aquiles, não joga desde junho de 2019. Outro aspecto que põe os Nets no hall de favoritos é a profundidade de seu elenco: Caris LeVert, Spencer Dinwiddie, Joe Harris, DeAndre Jordan, Taurean Prince, Jarrett Allen, Jeff Green e Landry Shamet são nomes para deixar satisfeito qualquer técnico.

Time base: Kyrie Irving, Caris LeVert, Joe Harris, Kevin Durant e Jarrett Allen
O cara da franquia: Kevin Durant

Onde Assistir na TV a temporada 2020-2021 da NBA?

As partidas serão transmitidas pelos canais ESPN e ESPN App, no entanto, apenas 3 partidas serão exibidas no Brasil.

O melhor basquete do mundo também está garantido nas plataformas do Esporte da Globo após renovação do acordo de transmissão com a NBA. E as emoções da disputa da temporada 2020-2021 já começam na terça-feira, dia 22, com rodada dupla: às 21h, o SporTV 2 exibe Golden State Warriors x Brooklyn Nets e, na sequência, o clássico entre Los Angeles Lakers, atual campeão, e Los Angeles Clippers.

Na TV Aberta A Band e a NBA assinaram a renovação do contrato entre as partes com a assinatura de uma extensão de longo prazo para o mercado brasileiro. O acordo com a emissora prevê a exibição de duas partidas ao vivo por semana (normalmente às quintas-feiras e domingos), além da transmissão de jogos dos Playoffs – incluindo série decisiva de conferência – e das Finais 2021 na TV aberta.

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.