Subscribe for notification
Categorias: Futebol

Gabigol é indiciado pelo Ministério Público de SP por aglomeração em cassino; veja a possível pena

Depois de ser detido pela Polícia Civil em um cassino de luxo com mais de 150 pessoas, no último domingo (14), na Zona Sul de São Paulo, o atacante Gabriel Barbosa (Gabigol) agora terá que responder ao Ministério Público de São Paulo. O atacante do Flamengo foi denunciado por estar envolvido em uma aglomeração em plena pandemia.

Além dele, mais 57 pessoas que estavam no ambiente serão processadas pelo crime previsto no artigo 268 do código penal, de desrespeito a medida do poder público para evitar a propagação de uma doença contagiosa.

PUBLICIDADE

A pena prevista pelo Ministério Público de São Paulo para esse tipo de ato infracional é o pagamento de 100 salários mínimos ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD).

Leia também

Entenda o caso

Na Madrugada do último dia domingo (14/03), a Força Tarefa de SP esteve em uma festa dentro de um Cassino Clandestino na Zona Sul de SP. Lá, a polícia encontrou uma verdadeira aglomeração de pessoas (150 aproximadamente). Entre eles, o atacante Gabigol, do Flamengo, e o cantor MC Gui. Todos foram encaminhados a delegacia, assinaram um termo se comprometendo a prestar depoimento futuramente e foram liberados na sequência

Em entrevista exclusiva ao “Fantástico”, o atacante do Flamengo deu a sua versão do fato, justificando que tinha ido ao local para “comer alguma coisa com alguns amigos”.

“Não tenho costume de ir a cassino, a única coisa que eu jogo é videogame. Estava com meus amigos, fomos comer. Quando estava indo embora, a polícia chegou mandando todo mundo ir para o chão”, justificou ele.

Na entrevista, Gabigol também frisou que já estava indo embora do local, pouco antes da chegada dos policiais.

“Era meu último dia de férias, e estava feliz de estar com meus amigos. Faltou sensibilidade. Mas usei máscara, álcool gel. Quando percebi que tinha um pouquinho mais de gente, estava indo embora”, afirmou.

No dia seguinte ao ocorrido, o atacante se reapresentou ao Flamengo com o restante do elenco principal, que ganhou alguns dias de folga após a conquista do bicampeonato Brasileiro.

PUBLICIDADE

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.