Após a declaração de Tiago Nunes, André Sanchez não escondeu sua raiva: “Deveria estar no Barcelona”

continua após a propaganda

A recente disputa em Tiago Nunes causou desconforto aos dirigentes e funcionários do clube. Nesta quarta-feira, o presidente do Corinthian, Andrés Sanchez, admitiu que, depois de fazer uma declaração ao departamento de análise de desempenho, ficou zangado com o treinador. André Sanchez não escondeu.

O representante do Corinthians também revelou que não falou com Tiago Nunes após a entrevista, e o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves resolveu o problema. Posteriormente, ele minimizou a controvérsia relacionada ao manual do comandante.

Estou realmente frustrado com isso. Não há sucata. Ele é teve carta branca para todos os assuntos, e o líder do Cifut é quem trouxe. Ele foi infeliz com suas palavras. Eu não falei com ele depois disso, mas Duílio já fez isso. Estou muito chateado com ele. Antes de chegar ao Corinthians, ele deveria estar no Barcelona, então reclamei. Eu ainda estou com raiva dele, não pode dizer o que ele disse. “Não é verdade”, declarou André Sanchez em entrevista a Jorge Nicola. André Sanchez não escondeu.

“No livreto de Tiago Nunes, ele deu a ordem: todos almoçam e jantam juntos. Além disso, tudo foi estabelecido nos últimos anos. Tiago Nunes tem um relacionamento profissional perfeito com os jogadores. Ele não precisa de todos Amigo, até hoje não há insatisfação com Tiago”, declarou.

Tiago Nunes questionou os problemas internos do Corinthians há algumas semanas, como o Cifut, o ponto de vista do comandante foi “interrompido” e não ocorreu como o esperado. Vale ressaltar que, após o incidente, Duílio Monteiro Alves também admitiu publicamente sua insatisfação com o treinador.

Timão ainda não jogou com Nunes, foi eliminado na segunda fase da Copa Libertadores e na fase ruim do Campeonato Paulista. Mesmo havendo pouco tempo de trabalho, o treinador já é discutido pelos fãs e pela mídia. Portanto, Andrés Sanchez lamenta o momento atual da equipe, mas pediu paciência para o fiel. André Sanchez não escondeu.

“Em um bom treinamento, maus resultados. Estamos mudando o conceito do jogo. Mudamos alguns jogadores e o treinador precisa de tempo. Obviamente, os resultados são mais baixos do que o esperado. Sabíamos que iria variar. Na Libertadores, tivemos um bom jogo, e no Paulistão, ele concluiu: Três são bons, os outros são muito ruins. ”

André Sanchez não escondeu.

Talvez você goste

Fique ligado! Receba conteúdos exclusivos para você