Subscribe for notification
Categorias: Futebol

Confusão no Mané Garrincha teve trocas socos e Marcos Braz chegou a cair no chão

A grande decisão da Supercopa do Brasil envolvendo Palmeiras e Flamengo foi muito tensa, dentro e fora do campo. Isso porque, dirigentes e comissão técnica dos clubes trocaram farpas durante toda a partida.

Dentro de campo o Mais Querido ficou com o título nas disputas de pênaltis, após um jogo eletrizante, onde o Flamengo saiu atrás e conseguiu a virada, tendo nos minutos finais chances com Vitinho e Gabigol de conquistar o título ainda nos 90 minutos

PUBLICIDADE

+ Neto se empolga e canta hino do Flamengo “Eu te amo, Diego Alves!”

A tensão de dentro de campo, contagiou também quem estava do lado de fora. Ainda no primeiro tempo, o auxiliar do Palmeiras, João Martins foi expulso. O palmeirense saiu provocando os dirigentes do rubro-negro, que revidaram e a confusão foi iniciada, confira abaixo o relato do jornalista Venê Casagrande:

— A confusão no corredor de acesso ao vestiário começou quando João Martins, auxiliar do Palmeiras, foi expulso e ficou no corredor xingando Bruno Spindel. O diretor do Flamengo tirou a máscara e foi tirar satisfação com João. Neste momento, o auxiliar foi para cima do Spindel. Marcos Braz estava ao lado de Bruno Spindel, e os três discutiram e se xingaram. Depois teve um início de troca de socos entre Marcos Braz e o auxiliar do Palmeiras. O vice de futebol chegou a cair no chão na hora da troca de socos. Mas caiu porque tropeçou ao tentar dar um soco em João Martins. Então, a confusão começou entre Bruno Spindel e o auxiliar do Palmeiras e se agravou depois que os jogadores correram para o local.

+ Lucas Paquetá tira onda com o Palmeiras após título do Flamengo

Chave virada:

Após conquista do título, o Flamengo agora vira a chave para o clássico contra o Vasco, no Maracanã, na próxima quarta-feira(14), com transmissão para todo o Brasil pela Rede Record.

PUBLICIDADE

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.