Subscribe for notification
Categorias: Futebol

Advogado de Gabigol chama Globo de “oportunista e sensacionalista”

Nesse último domingo (21), o setor jurídico do atleta Gabigol, do Flamengo, entrou com uma liminar na justiça para evitar a Rede Globo de apresentar o quarto episódio da série “Predestinado”, que narra momentos da carreira do atacante. No tal episódio, a ação revela que o documentário irá exibir o episódio em que Gabriel Barbosa foi flagrado em um cassino clandestino na zona sul de São Paulo e foi detido pela Polícia civil para prestar esclarecimentos.

Contudo, a ação foi negada e o episódio vai ao ar, conforme publicou o site “Mundo Rubro-Negro”, e confirmada pelo Esporte News Mundo.

PUBLICIDADE

O site conseguiu acesso aos documentos da petição feita pela equipe de advogados do atacante com caráter de urgência para barrar a exibição do episódio, que irá ao neste domingo (21). Um dos argumentos jurídicos diz que “é sabido que atualmente o oportunismo e sensacionalismos midiático está em alta” e afirma que a Rede Globo seria tendenciosa ao exibir as imagens.

Leia também

“Com efeito, é sabido que atualmente o oportunismo e sensacionalismos midiático em está em alta, e não há dúvidas de que se este episódio “tendencioso” vier a ser lançado, irá macular toda uma trajetória, além de desviar toda a finalidade da série documental “Predestinado” tal como inicialmente acordada”, disserta trecho do processo.

Outro pretexto usado pela equipe de advogados do atleta é que a série “Predestinado” foi combinado para ser uma narração sobre os fatos da carreira profissional do atacante rubro-negro com inicial análise a aprovação do jogador, de seu staff e familiares. Além disto, também cita que “em nenhuma hipótese” seria indagado qualquer material que viesse a macular a imagem e história de vida do atleta.

+ Rafinha se manifesta e afirma que não negociou com nenhum outro clube: “Fiquei esperando o Flamengo”

“Sendo assim, o Requerente, em 16 de junho de 2020, firmaram com a requerida, um contrato de cessão de uso de material audiovisual, para fins de criação, desenvolvimento e exibição de uma série documental que narraria a trajetória de vida do atleta profissional de futebol “Gabigol”, assegurando-se, ao atleta, seus familiares e equipe, que todo o conteúdo seria objeto de prévia análise e aprovação, bem como que sob nenhuma hipótese seria abordado qualquer matéria que viesse a macular a imagem e história de vida do atleta ‘Gabigol’”, diz outro tópico da ação.

PUBLICIDADE

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.