Subscribe for notification
Categorias: Aleatório

Wimbledon: Berrettini assina os trimestres

Assim como Roland Garros no mês passado, Matteo Berrettini disputará as quartas-de-final em Wimbledon, onde nunca havia chegado a esta fase da competição. Na segunda-feira, o italiano não deixou chances no primeiro jogo do dia da bielorrussa Ivashka. O número 9 do mundo enfrentará Zverev ou Auger-Aliassime por uma vaga entre as semifinais.

Matteo Berrettini está de volta às quartas de final em um torneio do Grand Slam. O italiano, que já havia chegado a esta fase da competição no mês passado em Roland Garros, onde apenas o futuro vencedor Novak Djokovic havia bloqueado seu caminho, reiterou seu desempenho parisiense na segunda-feira em Wimbledon ao subir novamente para as quartas de final do calvário. Como em suas duas partidas anteriores, contra o holandês Van de Zandschulp e o esloveno Bedene, o camisa 9 do mundo e semeado o camisa 7 na grama da capital inglesa precisou de apenas três sets (6-4, 6-3, 6-1, 1h49 de jogo) para se livrar do modesto bielorrusso Ilya Ivashka nas oitavas de final, 79º na classificação.

Ganhando força, Berrettini, que já havia chegado às quartas-de-final em Roland Garros e no Aberto dos Estados Unidos, mas nunca em Wimbledon, deixou seu oponente cada vez menos sorte nos sets, definitivamente perdendo nos últimos 6-1. Nas quartas de final, o italiano enfrentará outra semente: o canadense Felix Auger-Aliassime ou o alemão Alexander Zverev

, que está à sua frente por três níveis na hierarquia (6º). Em jogo: a primeira colocação das quartas-de-final em Londres para quem já disputou (e perdeu) uma semifinal do Aberto dos Estados Unidos, em 2020.

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.