Subscribe for notification
Categorias: Aleatório

Suspeitos de Paris, prisão em Roland-Garros!

A russa Yana Sizikova foi presa em Roland Garros, como parte de uma investigação sobre apostas suspeitas. Ela é suspeita de ter perdido deliberadamente um jogo em uma partida de duplas na edição anterior.

Há uma agitação em Roland Garros. Quinta-feira à noite, a polícia invadiu o complexo da Porte d’Auteuil para vir prender a russa Yana Sizikova, revela o Le Parisien. O jogador de 26 anos, que estava a ser massageado, foi detido à força nas instalações do Serviço Central de Corridas e Jogos (SCCJ) da Polícia Judiciária. Ao mesmo tempo, uma busca ocorreu em seu quarto de hotel.

Classificada na 765ª posição no WTA de simples, Sizikova foi inscrita este ano no torneio de duplas, onde também não é cadora (101ª do mundo). Com sua compatriota Ekaterina Alexandrova, ela se curvou fortemente na primeira rodada contra a dupla australiana Sanders-Tomljanovic (6-1, 6-1). Mas não é essa partida que está na mira dos investigadores.

Os fatos remontam ao torneio anterior, em outubro de 2020. Sizikova, que desta vez jogou com o americano Madison Brengle, rejeitou os romenos Mitu e Tig (7-6 [8], 6-4). Mas foi o quinto game do segundo set, em 2-2, que chamou a atenção dos supervisores. Um grande volume de apostas foi registrado e o comportamento de Sizikova foi suspeito, com duas falhas duplas e falhas graves. Uma investigação foi aberta naquela época, e foi depois disso que o russo foi preso na noite de quinta-feira.

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.